Links de Acesso

Ladrões furtam sapatos de judeus vítimas do Holocausto na Polónia


Imagem de arquivo do Presidente arménio Sargsyan de visita ao Museu Majdanek

Imagem de arquivo do Presidente arménio Sargsyan de visita ao Museu Majdanek

Oito sapatos que pertenceram a judeus vítimas do Holocausto foram roubados de um ex-campo de concentração transformado em museu na Polónia. O crime aconteceu no museu de Majdanek, perto de Lublin, entre 18 e 20 de Novembro, segundo a polícia.

Outros itens já haviam sido levados do museu no passado, como cinzas de vítimas e o chapéu que foi usado por um prisioneiro.O furto foi descoberto por um empregado do museu, que descobriu que uma tela que protege 56 mil sapatos havia sido cortada.

Mais de 78 mil pessoas foram enviadas para as câmaras de gás de Majdanek, construído pelos nazistas em 1941 e abandonado em 1944.

XS
SM
MD
LG