Links de Acesso

Kwanza Sul: Trabalhadores da CNE sem salários

  • Fernando Caetano

Currency dealer counts Kenya shillings at a money exchange counter, Nairobi, Oct. 23, 2008.

Currency dealer counts Kenya shillings at a money exchange counter, Nairobi, Oct. 23, 2008.

Doze meses e bonus não foram pagos. Autoridades ignoram queixas dos trabalhadores

É deveras preocupante a situação por que estão a passar mais de dez funcionários afectos a Comissão Provincial Eleitoral mais propriamente da sua direcção provincial dos registos.




A comissão provincial dos registos do Kwanza-Sul não paga salários dos funcionários há mais de sete meses alegando situações adversas a partir do Conselho Nacional Eleitoral em Luanda.

Os trabalhadores ora afectados com a situação têm honorários por receber de Junho de 2012 a Dezembro do mesmo ano adicionado ao décimo terceiro mês este instituído pelo executivo angolano como bónus de natal e passagem de ano.

Os funcionários lesados disseram à Voz da América que a direcção provincial dos registos eleitorais não tem dado resposta satisfatória ao problemas afirmando apenas que será Luanda a resolver.

Vendo-se impossibilitados na resolução da questão os visados endereçaram uma exposição aos 15 Julho do ano em curso a Direcção provincial do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social para junto do departamento de Inspecção encontrar solução, o que até agora não aconteceu.

O documento endereçado com decalque ao Gabinete jurídico do governo da província e direcção provincial dos registos eleitorais, dá conta que devido ao não pagamento dos subsídios, muitos trabalhadores se endividaram e muitos viram-se deparados com enormes problemas famliares resultando mesmo na separação das suas mulheres.

O governo da provincial do Kwanza-Sul não reagiu até agora ao problema. Muitos trabalhadores afectados estão agora á procura de outro emprego.
XS
SM
MD
LG