Links de Acesso

Kwanza é a moeda africana mais sobrevalorizada, diz um novo estudo

  • VOA Português

Doze pedaços de frango frito custam 35 dólares em Angola, mas na África do Sul bastam 10 dólares.

A moeda angolana Kwanza é a mais sobrevalorizada de África, indica um estudo baseado no custo de frango frito, feito pela cadeia de restaurantes KFC.

O estudo publicado na página da Sagaci Research diz que oficialmente o Kwanza é 72 por cento desvalorizada em relação ao dólares americano.

A cadeia KFC, que tem restaurantes de em 18 países africanos, baseou o estudo no custo de uma refeição de 12 pedaços de frango frito.

O estudo feito em 16 países africanos, na segunda quinzena de Janeiro, verificou que um pacote desses pedaços custa o equivalente a 35 dólares americanos em Angola. Na África do Sul, o mesmo custa 10 dólares.

Segundo a Bloomberg, a moeda angolana baixou em 17 por cento este ano, acrescido a 24 por cento do ano passado, quando o governo permitiu a desvalorização na sequência da queda do preço de petróleo no mercado internacional.

A economia angolana depende em grande medida do petróleo, cuja produção é segunda maior de África depois da Nigéria. A Bloomberg escreve que o petróleo representa 95 por cento das exportações de Angola.

Citado por esta publicação, o director da Sagaci Research, Julien Garcier, disse que a economia angolana está a ter um mau desempenho e o governo e banco central artificialmente mantem a moeda nos actuais níveis.

O estudo mostra que no mercado informal, um dólar americano é trocado por cerca de 440 Kwanzas, contra 270 Kwanzas no índice da KFC.

No mesmo estudo, o Rand, moeda da África do Sul, apresenta-se sobrevalorizada em 48 por cento em relação ao dólar.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG