Links de Acesso

Kilamba: Despejos em apartamentos ocupados ilegalmente

  • Coque Mukuta

Kilamba Kiaxi, Luanda

Kilamba Kiaxi, Luanda

A SONIP procedeu aos despejos dos moradores

Cerca de sessenta e dois apartamentos na nova centralidade do Kilamba tinham sido ocupados de forma ilegal por cidadãos angolanos.

A SONIP procedeu na última semana aos despejos dos moradores daqueles apartamentos, para entretanto fazer a transferência dos mesmos para a Imogestin, empresa que vai proceder agora as vendas das moradias construídas pelo governo angolano.

Vários apartamentos das centralidades do Kilamba, Zango e Cacuaco foram ocupados ilegalmente por cidadãos angolanos.

No Kilamba, os que ocupavam os blocos A, G, T, U, X e Z, foram despejados na semana passada e muitos deles enfrentam agora processos judiciais na unidade de policia da centralidade do Kilamba.

Segundo Mateus Cristóvão, porta-voz da Sonangol, é apenas um processo para reposição da legalidade.

"Muitas pessoas foram impedidas de entrar nos seus apartamentos porque foram ocupados ilegalmente, naturalmente o processo demorou algum tempo e o que está a decorrer é só o resultado desta acção de reposição da legalidade” explicou.

A Voz da América (VOA) contactou o comando policial do Kilamba para conhecer detalhes sobre o andamento dos processos contra os ocupantes, mas os mesmos mostraram-se indisponíveis.

Mateus Cristóvão disse ainda que nesta altura a única acção levada a cabo pela a SONIP é o processo de transferência para a empresa Imogestin, que se vai ocupar das vendas nos próximos anos.

“A Sonip apenas está a cumprir período de transferência para a Imogestin como sabem é a empresa que vai se ocupar da comercialização das centralidades” disse.

De recordar que no princípio do corrente ano, a Polícia Nacional deteve uma rede de trabalhadores da Sonip sob acusação de terem forjado contratos e facilitado a ocupação ilegal de mais de 100 apartamentos na Centralidade do Kilamba, cujos preços e modalidades implementados não foram revelados.

A Sonangol Imobiliária e Propriedades (Sonip) iniciou, em 2012, a venda de habitações nas centralidades do Kilamba, Cacuaco, Capari, Km 44 e Zango (Condomínio Vida Pacífica).

As vendas foram processadas em regime de renda resolúvel, com e sem capital inicial, num horizonte de 15 a 20 anos.

XS
SM
MD
LG