Links de Acesso

John Kerry: Coreia do Norte deve deixar de ameaçar a paz na região

  • Redacção VOA

Num discurso na Universidade de Tóquio, Kerry, declarou que a região contém enormes oportunidades mas também grandes desafios.

O secretário de estado americano John Kerry apelou à Coreia do Norte para que deixe de ameaçar a paz e a prosperidade da região e para que ponha termo au seu programa de mísseis nucleares. Durante um discurso em Tóquio, Kerry afirmou que é necessária uma ampla cooperação regional e que isso inclui iniciativas para tentar criar uma parceria com a Coreia do Norte.

No termo do seu périplo pela região Ásia-Pacifico, Kerry afirmou que é cada vez mais claro que o que se passa na região tem mais importância do que nunca.

Num discurso na Universidade de Tóquio, Kerry, declarou que a região contém enormes oportunidades mas também grandes desafios e acrescentou que é necessário um esforço conjunto para garantir um crescimento forte e justo.

“A presença dos Estados Unidos na região Ásia-Pacifico e a nossa rede de alianças com o Japão, a Coreia do Sul, Austrália, Filipinas e Tailândia já criaram uma plataforma fundamental. Mas permanecem muitos desafios e o principal é a Coreia do Norte”, disse Kerry.

Em Dezembro a Coreia do Norte desafiou a comunidade internacional disparando um míssil balístico. Respondeu depois a novas sanções da ONU efectuando o seu terceiro teste nuclear e declarando nulo o armistício que pôs termo à guerra na península coreana.

Desde então Pyongyang tem vindo a ameaçar atacar os Estados Unidos, o Japão e a Coreia do Sul considerando como provocações os exercícios militares conjuntos entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul.
O discurso de Kerry na universidade de Tóquio foi proferido depois de 4 dias de conversações na China, na Coreia do Sul e no Japão acerca das declarações belicosas de Pyongyang.
XS
SM
MD
LG