Links de Acesso

Síria: EUA e outros 11 países chegam a acordo para ajudar rebeldes

  • Redacção VOA

Os Estados Unidos comprometeram-se a conceder 123 milhões de dólares em ajuda não-letal aos rebeldes sírios pró-ocidentais.

O secretário de estado americano John Kerry, afirmou que os 11 países que a apoiam a oposição síria chegaram a acordo para que toda a ajuda militar e ajuda não-letal aos rebeldes sírios seja coordenada pelo comandante rebelde pró-ocidental, o general Idriss.

Falando numa conferência de imprensa em Istanbul, Kerry salientou que o acordo era um dos mais importantes concluídos até há data pelos Estados Unidos e os outros 10 países reunidos no sábado naquela cidade turca.

Durante o encontro, os Estados Unidos comprometeram-se a conceder 123 milhões de dólares em ajuda não-letal aos rebeldes sírios pró-ocidentais que iniciaram a sua rebelião há dois anos contra o regime do presidente sírio Bashar al-Assad.

Os Estados Unidos têm-se recusado a enviar armamentos para a Síria temendo que os mesmos possam cair nas mãos de rebeldes islamitas antiocidentais aliados da al Kaida.

O chefe da diplomacia americana realizou igualmente encontros em Istanbul com o seu homólogo turco, Ahmet Davutoglu e com o presidente palestiniano, Mahmoud Abas.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG