Links de Acesso

Kalupeteca ouvido hoje em tribunal

  • Coque Mukuta
  • Redacção VOA

Tribunal Provincial do Huambo, Angola

Tribunal Provincial do Huambo, Angola

Os 10 réus seguidores do líder de A Luz do Mundo declararam-se inocentes.

O líder da seita A Luz do Mundo José Julino Kalupeteca será ouvido na tarde desta quinta-feira no Tribunal Provincial de Huambo, onde, desde a passada segunda-feira, 18, ele e mais 10 seguidores estão a ser julgados.

O Ministério Público acusaKalupeteca de nove crimes de homicídio qualificado, resistência e danos durante os confrontos de Abril de 2015 no Monte Sumi, no Huambo.

Até agora foram ouvidos nove réus e todos se declararam inocentes.

O advogado de defesa, David Mendes, diz que continua-se a falar de "generalidades" porque os fiéis de Kalupetec "são réus apenas por pertencerem à igreja".

O último seguidor ouvido foi Hossi Luakuti, natural de Benguela, de 39 anos de idade e estirador de profissão.

Ele disse ao juiz ser apenas motorista da viatura colocada à disposição da seita A Luz do Mundo.

José Julino Kalupeteca é o último a ser ouvido.

Caso Kalupeteca: pessoas no exterior do tribunal

Caso Kalupeteca: pessoas no exterior do tribunal

Na sala de audiências estão familiares dos réus, estudantes, juristas e alguns cidadãos.

Outras pessoas estão do lado de fora do tribunal.

O líder de A Luz do Mundo foi preso em Abril, na sequênciade confrontos havidos a 16 de Abril de 2015 no Monte Sumi, entre a polícia e seus seguidores.

Jose Kalupeteca

Jose Kalupeteca

As autoridades dizem qu oito policias e 13 civis foram mortos.

A oposição e organizações de direitos humanos falam em centenas de mortos e a ONU pediu uma investigação independente, que foi negada pelo Governo de Angola.

XS
SM
MD
LG