Links de Acesso

Jurista condena media angolana por encenar condenação de Kalupeteca e seus seguidores

  • Arão Ndipa

Julgamento de José Kalupeteca, líder da seita A Luz do Mundo, Huambo 22 de Janeiro, 2016

Julgamento de José Kalupeteca, líder da seita A Luz do Mundo, Huambo 22 de Janeiro, 2016

"Um julgamento criminal só é justo quando todos os direitos dos acusados são respeitados".

Juristas angolanos estão divididos sobre a necessidade da reconstituição do crime do caso Kalupeteca, uma solicitação apresentada pelos advogados de defesa e indeferida pelo juiz da causa.

Para nos falar sobre o assunto, ouvimos os juristas Victor Júnior e Monteiro Kawewe.

Para Monteiro Kawewe "um julgamento criminal só é justo quando todos os direitos dos acusados são respeitados, em todo o processo, são garantias a que todos têm direito antes do início do julgamento".

"Desde a detenção do senhor Kalupeteca que se assiste a uma encenação, quer pelos media, quer por analistas, consideram José Kalupeteca culpado da situação (do Monte Sumi)", acrescenta o jurista.

Por sua vez, Victor Júnior considera ser legítimo o pedido da equipa de defesa do líder da seita A Luz do Mundo, relativamente à reconstituição do local do crime.

XS
SM
MD
LG