Links de Acesso

Jurista adverte para crise institucional na Guiné-Bissau

  • Lassana Casamá

Domingos Simões Pereira

Domingos Simões Pereira

Os guineenses continuam na expectativa quanto à situação política do país. Neste momento, o país aguarda a resposta que o Presidente da República irá dar à proposta do PAICG que indicou Domingos Simões Pereira para, de novo, chefiar o Governo.

Para entender a situação, o jurista guineense Festifánio Sanca faz uma análise do sistema semipresidencialista em vigor no país, que representa uma realidade democrática muito aceitável, mas que tem sido mal aplicado pelos homens políticos.

Oiça a análise:

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG