Links de Acesso

JURA diz que os jovens estão a perder o medo

  • Teodoro Albano

Representantes de Benguela, Namibe, Kwanza Sul, Huambo, Cunene e Huíla estiveram reunidos no Lubango

A Juventude Unida Revolucionária de Angola, JURA, organização juvenil afecta à Unita garante estar a afirmar-se cada vez mais na região centro e sul de Angola.

Tudo se deve, segundo a organização, à implementação do programa nacional de mobilização gizado a nível central.

O responsável da JURA em Benguela, Gedeão José, disse que os jovens do litoral centro sul estão a perder o medo.

“Hoje a juventude está a divorciar-se do medo, tanto a juventude em geral como os estudantes universitários sobretudo”, disse.

Para o responsável da JURA no Cunene, Floriano Jerónimo, apesar da existência de casos de intolerância política, já se foram os tempos em que a terra do Rei Mandume foi um bastião do partido no poder.

Galo negro alimenta grandes aspirações no planalto central

“A JURA tem trabalhado no sentido de que nós possamos esclarecer tanto a juventude em geral da província do Cunene para sobretudo a necessidade mudança porque nós temos constatado que as verdades que têm saído como fossem que o regime no poder ocupa o território cunenense não corresponde exactamente com aquilo que o terreno está a apresentar-nos nos últimos dias,” disse.

Aurélio Sachimbiale da JURA no Huambo destaca a força do partido no planalto central, onde o galo negro alimenta grandes aspirações políticas.

“Hoje quem manda no Huambo é a Unita. Nós até temos a nossa vénia de que quando sair o general do Kundi Paihama estará lá o nosso governador que é o nosso Dr. Liberty Chiaka. Liberty Chiaka está a somar pontos, está em condições de dirigir melhor o Huambo comparativamente a situação em que se encontra”, afirmou.

A organização juvenil da Unita reuniu recentemente no Lubango os responsáveis das províncias de Benguela, Namibe, Cuanza-Sul, Huambo, Cunene e Huíla.
XS
SM
MD
LG