Links de Acesso

Sonda americana começa a fazer mapa de Júpiter

  • Redacção VOA

Cientistas da NASA, Scott Bolton e Rick Nybakken congratulam-se com êxito da sonda Juno.

Cientistas da NASA, Scott Bolton e Rick Nybakken congratulam-se com êxito da sonda Juno.

Foi num ambiente festivo que os cientistas da NASA assinalaram a entrada em órbita do planeta Júpiter da sonda espacial Juno iniciando uma missão de 20 meses para traçar a cartografia do planeta gigante.

Os cientistas do Laboratório de Propulsão a Jacto, em Pasadena na Califórnia, deram um suspiro de alivio quando confirmaram a entrada em órbita que, segundo Diane Brown da NASA, foi uma manobra difícil mas executada sem falhas.

O processo de desaceleraçãoda Juno durou 35 minutos e tudo correu conforme o previsto.

A sonda espacial vai fazer 37 órbitas de Júpiter para traçar o mapa da superfície do planeta seguindo um percurso elíptico durante a qual ficará exposta a intensa radiação.

Uma proteção de titânio com 180 quilos de peso servirá para proteger os instrumentos de bordo desse hostil ambiente.

Esses aparelhos serão capazes de “ver” para além das densas nuvens que envolvem a turbulenta atmosfera de Júpiter e medirão a sua gravidade e o seu campo magnético que é 20 mil vezes mais intenso que o da Terra.

Os cientistas dizem que, à semelhança do Sol, Júpiter é essencialmente composto de hidrogénio e hélio , acrescentando que os níveis de oxigénio de água na atmosfera darão importantes pistas sobre a sua formação e sobre a formação dos sistema solar.

Os pesquisadores estão também muito interessados em apurar se Júpiter tem um núcleo sólido.

Trata-se da segunda sonda espacial americana a entrar em órbita do planeta gigante.

De 1995 a 2003, a sonda Galileu estudo Júpiter as suas 4 maiores luas: Europa, Ganymede, Io e Callisto. Anteriormente várias sondas da NASA passaram nas proximidades nas suas viagens para os confins do sistema solar.

Para além dos instrumentos científicos, a sonda transporta consigo uma camara chamada JunoCam que já enviou para a Terra imagens vídeo daquelas luas.

A sonda vai começar a enviar as suas primeiras medições cientificas já a partir do dia 27 de Agosto e os cientistas estão entusiasmados com a possibilidade das mesmas conterem os dados necessários para responder a muitas perguntas sobre Júpiter e todo o sistema solar.

XS
SM
MD
LG