Links de Acesso

Julgamento do caso BNA continua hoje em Luanda


Banco Nacional de Angola

Banco Nacional de Angola

Os arguidos acusados no processo criminal conhecido como “caso BNA” começam a ser ouvidos hoje, 9, no Tribunal Provincial de Luanda, no Palácio Dona Ana Joaquina. O processo, que teve início em 2010, envolve 27 arguidos acusados de desvio de mais de 159 milhões de dólares da Conta Única do Tesouro.

O representante do Ministério Público junto do Tribunal apresentou ontem as provas de acusação em que diz ter ter ficado provado que os arguidos transferiram para o estrangeiro, num processo fraudulento, mais de 159 milhões de dólares, através de 11 pagamentos a empresas sediadas em Portugal, China, Dubai, Suíça, Áustria e Espanha, alegadamente por fornecimento de bens e serviços ao Estado angolano. Segundo a acusação nenhuma das empresas forneceu bens e serviços ao Estado angolano.

A investigação aponta ainda que os arguidos falsificaram as assinaturas do então ministro das Finanças e do director Nacional do Tesouro. Ainda durante o processo de instrução foram apreendidas 18 residências, entre vivendas de alto padrão e casas sociais adquiridas com o dinheiro do furto. Também foram apreendidas 39 viaturas de top de gama.

XS
SM
MD
LG