Links de Acesso

Julgamento de activistas fere justiça angolana, diz dirigente da FORDU

  • Armando Chicoca

A recente decisão do Tribunal Provincial de Luanda de prolongar a prisão domiciliária dos 17 activistas em julgamento cria desconforto nos angolanos, diz o coordenador do Fórum do Desenvolvimento Universitários (Fordu) na região sul de Angola.

Oseias Machinde disse que a justiça angolana está “ferida” e avisou que “a paciência dos angolanos está a chegar ao fim”.

Machinde apela os jovens angolanosa perceber que a liberdade conquista-se e nunca será entregue de bandeja.

O coordenador do Fordu na região sul de Angola lembra ser preciso lutar por esta liberdade, pois como diz o adágio popular “água mole em pedra dura tanto dá até que fura”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG