Links de Acesso

Jovens no Uíge desiludidos com resultado das futuras eleições


Uíge

Uíge

Muitos não pretendem recensear.

A julgar por jovens contactados nas ruas do Uíge pela VOA há grande cepticismo quanto ao valor do registo eleitoral actualmente em curso em Angola.

Muitos disseram não ser sua intensão participar nas eleições pelo que não vêm qualquer utilidade no recenseamento.

A falta de cumprimento de promessas feitas em campanhas anteriores é uma das razões apontadas para esse cepticismo.

“Ainda não actualizei o meu cartão, posso actualizar por força maior, mais não participarei do vot, porque as promessas anteriores não foram cumpridas”, referiu Eduardo dos Santos.

João António, outro entrevistado, disse que o desemprego e a falta de cumprimento de várias promessas nas eleições de 2008 e 2012 são factores que o afastm das urnas no próximo ano.

“Estou frustrado e nem quero fazer o tal registo eleitoral”, disse acrescentando que “fizeram várias promessas falsas, prometeram emprego e não concretizaram nada”.

Por sua vez, Joaquim Alfredo, acusou o actual Governo no poder de ser “mentiroso” por não cumprir com as promessas dos dois milhões de casas para os jovens em 2008 e 2012.

“Ainda não actualizei”, disse, referindo-se depois “às mentiras que ocorrem sempre”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG