Links de Acesso

Jovens manifestam-se contra incumprimento em Nampula

  • Adina Sualehe

 Nampula

Nampula

Um grupo de 64 jovens manifestou-se nesta terça-feira em frente à Direcção Provincial da Juventude e Desportos em Nampula para exigir o pagamento integral do financiamento dos projectos apresentados àquela instituição há três meses.

O Banco Comercial de Investimentos financiou o programa em cerca de um milhão de meticais (20 mil e 400 dólares), mas até agora os empreendedores não receberam nada.

De entre os projectos financiados estão iniciativas nos sectores de mercearia, comercialização de produtos, carvão vegetal, prestação de serviços e venda de recargas de telemóveis.

Os projectos visam reduzir o índice de desemprego na camada juvenil por via do auto-emprego.

Ao que a VOA apurou, o financiamento contemplou apenas 26 dos 64 projectos, sendo cinco pertencentes a mulheres.

O total de projectos financiados foi inferior ao acordado entre as partes e também não obedeceu à equidade de género.

Os jovens disseram que alguns receberam 20 mil meticais, enquanto outros foram beneficiados com valores que oscilaram entre cinco e 10 mil meticais.

Eles falam de corrupção no processo.

Dina Coutinho, de 23 anos de idade, é empreendedora na cidade de Nampula e vende comida nos mercados da cidade.

Ela diz que, com o financiamento, pretendia aumentar o seu negócio para garantir o pagamento dos seus estudos.

A responsável da Direcção Provincial da Juventude e Desportos de Nampula Angela Riane recebeu os jovens empreendedores com insultos, alegando que a sua instituição não roubou nenhum dinheiro.

Riane limitou-se a dizer que que os projectos aguardam pela aprovação do banco.

Importa referir que esta não é a primeira queixa que os jovens fazem contra aquele departamento e particularmente a sua directora.

Este ano um grupo de jovens amantes do desporto acusou a instituição de nada fazer a favor da massificação do desporto

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG