Links de Acesso

Jovens do Movimento Revolucionário vão apresentar queixa contra comandantes da polícia

  • VOA Português

Nito Alves, um dos detidos

Nito Alves, um dos detidos

Foram detidos quando pediam a prisão dos generais que acusam Rafael Marques e a absolvição do jornalista e activista.

Os 10 jovens detidos ontem, 24, por se manifestarem nas ruas de Luanda enquanto decorria o julgamento do jornalista e activista Rafael Marques, foram colocados em liberdade por volta das 22 horas sem nenhuma acusação.

Eles pediam a condenação dos generais que acusam Marques de calúnia e a libertação do activista quando foram detidos. Nito Alves, que esteve detido várias vezes por críticas ao Presidente da República, é um dos detidos.

Os jovens que integram o denominado Movimento Revolucionário disseram que vão apresentar queixa contra o comandante da polícia João Kiala e o segundo comandante provincial Mateus André.

XS
SM
MD
LG