Links de Acesso

Jovens dizem ter chegado a hora de assumirem os destinos da Guiné-Bissau

  • Alvaro Ludgero Andrade

Debate dos jovens na Rádio Pdijiguiti em Bissau por ocasião das Eleições Gerais de 13 de Abril de 2014

Debate dos jovens na Rádio Pdijiguiti em Bissau por ocasião das Eleições Gerais de 13 de Abril de 2014

Debate entre jovens organizado pela Voz da América é transmitido este sábado, 12, na nossa emissão.

Os jovens são o presente não o futuro e é hora da nova geração assumir os destinos da Guiné-Bissau. Esta foi a opinião manifestada por três jovens num debate realizado pela Voz da América em Bissau, em parceria com a afilhada Rádio Galáxia Pidjiguiti.

Da educação à participação comunitária, os jovens defendem a reforma de toda a adminstração pública e a criação de mecanismos de promoção do desenvolvimento. O debate que aqui trazemos alguns excertos será transmitido amanhã, sábado, na segunda meia hora da nossa edição vespertina.

Durante cerca de 30 minutos três jovens analisaram o futuro da Guiné-Bissau que, segundo eles, tem de ser diferente do passado e do presente.

Rubilson Delcano disse que chegou a hora da juventude assumir o presente.

“Temos de deixar esta coisa de que os jovens são o futuro, futuro quando? A juventude é o presente e os jovens da Guiné-Bissau precisam apenas de orientação”, alega Delcano.

Para Aissatu Forbis a juventude não pode ficar à espera do Governo ou das estruturas do Estado a reclamar apenas, mas tem de se integrar por ser ela o mais importante.

“Para isso temos de ser força de pressão e estar presente em todas as estruturas de poder e da sociedade civil”, explica Fortis.

Para o terceiro convidado Malan Briama Sambo, “os jovens devem se posicionar de forma diferente: reflectir sobre o que fazem e o que irão fazer para de facto mudar essa realidade.

O debate, uma co-produção da Voz da América e da Rádio Galáxia Pidjiguit, será emitido na segunda meia hora do programa de sábado, 12 de Abril.
XS
SM
MD
LG