Links de Acesso

Jovens da Unita discutem programa sociais do Governo

  • Isaías Soares

Januário Mussambo

Januário Mussambo

Centenas de militantes da Jura reunem-se no Malanje

Cerca de dois mil filiados da Juventude Unida Revolucionaria de Angola (Jura), organização juvenil da UNITA, provenientes de todas as provinciais do pais, estão em Malanje onde querem constatar o impacto dos programas sociais do Governo na província de Malanje.

Os jovens reunidos em acampamento nacional na Casa do Gaiatos. A iniciativa está enquadrada nas jornadas da fundação daquela organização e em homenagem ao seu patrono Samambila e inclui visitas à secção de hemoterapia do Hospital Regional de Malanje, câmaras municipais de Cangandala, Calandula e Caculama, direcção provincial da Juventude e Desportos e ao Conselho Provincial da Juventude.

O secretário provincial da unhita em Malanje Januário Mussambo referiu que a agenda do evento que encerra sábado integra também encontros com os administradores municipais de Malanje, Cacuso, Cangandala e Caculama para “levarem as suas impressões sobre a forma como o país está a caminhar”.

O político que se referiu ao desenvolvimento do país admitiu “que uma coisa é aquilo que a imprensa pública e as entidades governamentais propalam de que o país está a crescer, outra coisa é a própria realidade”.

Os militantes vão realizar debates académicos em torno da política da própria Jura, mas também em torno de temas muito importantes como a liderança, a gestão de conflitos e a questão da estratificação social.

“Hoje por hoje, consegue-se verificar que os jovens precisam ter a noção de gestão de conflitos porque o país está em paz, nisso é preciso ter esta noção, a capacidade de agirem em torno daquilo que é a gestão de conflito”, disse.

O secretário provincial da Unita Januário Mussambo referiu que a juventude angolana carece de mais oportunidades para ajudar o país desenvolver.

XS
SM
MD
LG