Links de Acesso

Jovem angolano aposta nas redes de telecomunicações, mas não abandona o sonho de ser cantor

  • Danielle Stescki

Espaço do Ouvinte

Espaço do Ouvinte

“O programa Angola Fala Só é um baluarte para a nossa democracia”, diz Feliciano Maimbi.

Feliciano Maimbi, de 26 anos, é natural de Cabinda, mas mora em Luanda desde 2012. Estava estudando Filosofia e Teologia porque queria ser padre. No entanto, quando descobriu que os cursos que estudava não lhe dariam a oportunidade de leccionar, decidiu abandonar o seminário.

Foi para a capital, e agora quer ser técnico especialista em Gestão de Redes Cisco. Também quer ser cantor, e vem lutando para conseguir um espaço na música nacional e internacional.

Oiça a música que ele nos enviou.

Feliciano Maimbi reclama da falta de espaço que os angolanos têm para expressar a insatisfação com o Governo, e elogia o programa Angola Fala Só.

Ele já participou algumas vezes do programa, e diz que o Angola Fala Só “ajuda a ter a mínima noção de quanto os angolanos aspiram por uma melhoria no que tem a ver com a governação”.

Oiça a entrevista

XS
SM
MD
LG