Links de Acesso

Joseph Blatter e Michel Platini suspensos do futebol por oito anos

  • Redacção VOA

Blatter and Platini

Blatter and Platini

Comité de Ética da Fifa condenou os dois dirigentes a pagar multas.

O Comité de Ética da Fifa, suspendeu o presidente da organização que gere o futebol mundial Joseph Blatter e o presidente da Uefa Michel Platini de todas as actividades relacionadas com futebol durante os próximos oito anos.

Blatter deve pagar ainda uma multa de 40 mil dólares e Platini, de 80 mil dólares.

O juiz alemão que presidente o Comité, Hans-Joachim Eckert, ignorou os argumentos de Platini e Blatter de que o pagamento de dois milhões de francos suíços fora legítimo.

Ambos tinham sido suspensos por 90 dias em Outubro, enquanto era realizada uma investigação pelo pagamento de 2 milhões de dólares pela Fifa a Platini em 2011.

Eles negaram qualquer irregularidade.

A decisão desta segunda-feira do Comité de Ética entre imediatamente em vigor.

Em conferência de imprensa, o presidente da Fifa anunciou que vai recorrer.

“Vou lutar por mim e pela Fifa. Sinto por ter sido um saco de pancadas. Sinto muito por ver que toda a equipa da Fifa esteja passando por isso”, garantiu o agora antigo presidente da Fifa, reiterando quevai apelar contra a punição no comité da Fifa e no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

A punição de Joseph Blatter aconteceu por causa de um pagamento feito em 2011 pela Fifa para Michel Platini, por um serviço feito pelo francês ainda em 1999, mas sem documentos formais.

Blatter lembrou que a entidade mundial permite acordos verbais.

“Vocês podem achar que sou um otimista. Eu achei que tinha convencido eles. O pagamento entre o presidente da Fifa e Michel Platini foi feito fora do contrato, pois ele nunca existiu. Achei que estávamos claros. Chamamos isso de um acordo de cavalheiros”, disse Blatter hoje aos jornalistas.

Presidente da Fifa chefe desde 1998, Joseph Blatter, de 79 anos, já havia anunciado que tinha desistido do cargo antes da eleição presidencial de Fevereiro.

Michel Platini, de 60 anos, foi apontado como um futuro líder do organismo que tutela o futebol mundial e tinha a esperança de ganhar a eleição de 2016, o que não irá acontecer.

XS
SM
MD
LG