Links de Acesso

José Mário Vaz faz denúncias sem acusar e promete estabilizar a Guiné-Bissau

  • VOA Português

José Mário Vaz, candidato presidencial do PAIGC (Guiné-Bissau)

José Mário Vaz, candidato presidencial do PAIGC (Guiné-Bissau)

Candidato presidencial do PAIGC diz que manterá Domingos Simões Pereira como primeiro-ministro durante os quatro anos de mandato.

O candidato do PAIGC à Presidência da República da Guiné-Bissau José Mário Vaz denunciou esta quinta-feira, 8 de Maio, que mais de dois mil contentores de madeira foram exportados há cerca de 15 dias, e disse que foi impedido de falar sobre o assunto durante a campanha eleitoral, sem explicar os motivos.

"O mais grave", segundo Vaz, é que há três semanas o país recebeu um contentor de motosserras, o que deverá ser usado no desmatamento do país, que para o candidato prejudicará os cidadãos que não vão conseguir emprego.

O candidato do partido vencedor das eleições legislativas não acusou ninguém em particular por essas importações, mas garantiu que se for eleito lutará para que haja unidade, paz e reconciliação nacional porque, na sua opinião, sem a reconciliação o país não se desenvolve.

«Se for eleito vou manter o primeiro-ministro Domingos Simões Pereira durante quatro anos. Temos que estabilizar o Governo na Guiné-Bissau», afirmou o candidato do PAIGC.

XS
SM
MD
LG