Links de Acesso

Jornalista angolano denuncia ameaças de morte

  • Coque Mukuta

Mariano Brás, jornalista angolano

Mariano Brás, jornalista angolano

As autoridades angolanas ainda não se pronunciaram sobre a denúncia feita esta semana pelo jornalista do semanário A Capital segundo a qual está a ser perseguido por revelar negociações entre indivíduos do sistema judiciário e antigos funcionários do Banco Nacional de Angola (BNA) para fazer desaparecer os 17 mandados de capturas contra aqueles bancários.

Mateus António Sebastião Mussungo, de 29 anos de idade, e um dos réus do caso BNA, já está a contas com a justiça.

Mariano Brás, jornalista do semanário A Capital, disse à VOA que Mateus António Sebastião Mussungo e mais dois indivíduos, que se encontram em liberdade, o terão ameaçado de morte por denunciar possíveis negociações entre elementos da justiça e o grupo dos réus com o objectivo de fazerem desaparecer os 17 mandados de captura contra funcionários do BNA.

O jornalista diz temer pela vida: “Neste país em que quem está na cadeia pode mandar fora por via das visitas e de telefonemas ainda temo pela minha vida”.

Brás, que se destaca regularmente com matérias sobre crimes na cidade de Luanda, disse ter formalizado a queixa junto da Direcção Nacional de Investigação Criminal.

“Eu já fiz a queixa na Direcção Nacional de Investigação Criminal e estou à espera que me digam alguma coisa”, acrescentou.

O profissional apela às autoridades para garantirem uma maior segurança para os cidadãos angolanos.

Até ao momento, as autoridades angolanas ainda não se pronunciaram sobre a denúncia feita esta semana pelo jornalista.

XS
SM
MD
LG