Links de Acesso

Jornalista Chilúvia teme pela sua prisão sem pagamento de caução

  • Coque Mukuta

Queirós Anastácio Chilúvia, Rádio Despertar Angola

Queirós Anastácio Chilúvia, Rádio Despertar Angola

Jornalista da Rádio Despertar foi condenado por desacato, calúnia e difamação à autoridade pública e exercício ilegal da profissão.

O jornalista angolano Queirós Anastácio Chilúvia, condenado a seis meses de cadeia com pena suspensa durante dois anos pelo tribunal Municipal do Cacuaco no passado dia 7, ainda não pagou a caução estipulada pelo juiz.

O advogado das Mãos Livres António Kangombe, que assistiu o jornalista Queirós Anastácio Chilúvia no julgamento, disse que o pagamento da caução é da inteira responsabilidade da direcção da Rádio Despertar, onde o profissional está enquadrado.

Kangombe adiantou à Voz da América que, contrariamente ao que havia anunciado, já não irá interpor o recurso.

Por seu lado, Emanuel Malakia, Director Geral daquela emissora, disse que a rádio irá pagar a caução amanhã, quinta-feira.

A caução, no valor de 105 mil kwanzas, deve ser paga no prazo, caso contrário o jornalista será imediatamente preso.

Este facto preocupa Queirós Anastácio Chilúvia que não está contente com esses acontecimentos.
XS
SM
MD
LG