Links de Acesso

Angola: Folha 8 e Rádio Despertar ainda não receberam qualquer aviso formal

  • Coque Mukuta

William Tonet

William Tonet

Ambos foram ameaçados de encerramento na semana passada

O director do jornal Folha 8, William Tonet, acusou as autoridades de tentarem intimidar os órgãos de informação que “não foram comprados pelo poder político angolano”.



Tonet reagia á Voz da América á ameaça feita na semana passada pelo ministério da comunicação social de mandar encerrar o jornal e ainda a Rádio Despertar por alegadamente “apelarem diariamente à desordem pública” e ainda por “ofensas e calúnias ás instituições do estado”.

O aviso foi publicado em órgãos de informação estatais mas nem o Folha 8 nem a Rádio Despertar receberam qualquer notificação formal por parte das autoridades.

A Voz da América tentou falar com o titular do Ministério da Comunicação Social (MCS) sobre as razões da não notificação dos referidos órgãos mas o mesmo afirmou que irá pronunciar-se sobre a questão em próximas ocasiões.

O responsável da Rádio Despertar, Envagelista Calia, disse à Voz da América que enquanto não receberem qualquer informação oficial do MCS o seu órgão não vai se pronunciar.

Para William Tonet do jornal Folha 8 , o comunicado do executivo angolano, “é uma verdadeira ameaça” .

William Tonet adianta ainda que a referida perseguição é apenas para os órgãos que não foram comprados pelo puder político angolano.
XS
SM
MD
LG