Links de Acesso

Jeb Bush inclinado a concorrer à Casa Branca em 2016

  • VOA Português

Jeb Bush

Jeb Bush

Filho do ex-governador da Flórida diz que o pai "está a pensar seriamente em avançar"

A dois anos da campanha presidencial nos Estados Unidos, um terceiro membro da família Bush pode estar a pensar entrar na corrida à Casa Branca. Jeb Bush, filho do antigo presidente George Bush e irmão de George W. Bush é o Bush que se segue, segundo admitiu o próprio filho do antigo Governador da Flórida.

A dinastia Bush parece continuar em direcção à Casa Branca, mais precisamente para as eleições de 2016. Jeb Bush, antigo governador da Flórida, pode estar a pouco tempo de anunciar a sua candidatura, seguindo os passos do pai e do irmão.

O filho de Jeb Bush, George P. Bush, que também concorre a um cargo político no Estado de Texas, onde a família tem a sua base política e financeira, admitiu ontem, 26, num programa da cadeia televisiva ABC que o pai pensa seriamente em se candidatar.

“Creio que é mais que provável que ele está a pensar seriamente em avançar”, disse o filho para concluir que se lhe tivessem feito esta pergunta há alguns anos ele diria que não.

Na verdade, há seis anos, no final da tumultuada presidência do irmão George W. Bush, uma candidatura de outro Bush era impensável. Entretanto, os problemas do presidente Obama, as divisões internas do Partido Republicano e alguma nostalgia recentemente vinda a público da Administração do pai levaram Jeb Bush a repensar a sua posição.

"Se dependesse do seu pai, ele seria um candidato", disse Jim McGrath, porta-voz do ex-presidente. Mas os Bush estão cautelosos com a ideia de quererem instalar uma dinastia.

Também George W. Bush tem manifestado em determinados círculos a vontade de ver o irmão na Casa Branca e não se cansa de o incentivar.

O ex-presidente fez lobby por Jeb há algumas semanas em Dallas, mas ele reconheceu com uma risada, em declarações à Fox News, que poderá não ter gostado de ver “o irmão mais velho a empurrá-lo” para a Casa Branca.

Até agora, próximos de Jeb Bush adiantam que ele não autorizou ninguém a recolher fundos para uma eventual campanha. Ele sabe também que terá de se realinhar com o Partido Republicano que está cada vez mais radical. É que, enquanto Governador da Flórida, ele tomou posições sobre emigração, impostos e educação nada alinhadas com as do seu partido, além de se ter distanciado de decisões impopulares do pai e do irmão.

Jeb Bush tem sido visto a apoiar vários candidatos republicanos para governadores, congressistas e senadores.

XS
SM
MD
LG