Links de Acesso

Japão: Campanha olímpica de Tóquio será investigada por acusações de suborno


Tóquio 2020

Tóquio 2020

O dirigente desportivo japonês responsável pela sucedida campanha de Tóquio para organizar os Jogos Olímpicos de 2020 disse, hoje, 18, que o Comité Olímpico Japonês (COJ) quer investigar a candidatura depois que surgiram questionamentos a respeito de pagamentos feito pelos organizadores.

Segundo a imprensa, a equipa de campanha depositou mais de dois milhões de dólares numa conta bancária ligada a Papa Massata Diack, filho do ex-presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf), Lamine Diack, que é alvo de uma investigação relacionada com outro caso.

A Reuters noticiou que as autoridades do Japão afirmaram que os pagamentos foram taxas de consultoria legítimas.

Tsunekazu Takeda, presidente do COJ e líder da candidatura olímpica vitoriosa, disse que as pessoas envolvidas na campanha serão interrogadas.

XS
SM
MD
LG