Links de Acesso

Israel e Arábia Saudita reuniram-se em segredo para falar do Irão


Capa do jornal Jerusalem Post (imagem de arquivo)

Capa do jornal Jerusalem Post (imagem de arquivo)

Israel e Arábia Saudita, dois países que não mantêm relações diplomáticas, reuniram-se em segredo em cinco ocasiões para conversar sobre o Irão, que ambos acreditam representar uma ameaça regional e que está a ponto de fechar um acordo nuclear com a comunidade internacional, informou nesta Sexta-feira, 5, o jornal israelita "Jerusalem Post".

As reuniões aconteceram nos últimos 18 meses na Índia, na Itália e na República Checa com objectivo de realizar uma campanha de "diplomacia clandestina" para minimizar a crescente influência do Irão na região, conforme revelaram diplomatas dos dois países, segundo o jornal israelita, que citou meios da imprensa americana.

Doure Gold, designado para ser o próximo director-geral do Ministério das Relações Exteriores de Israel, e Anwar Majed Eshki, general saudita reformado, ex-assessor do príncipe Bandar bin Sultan e ex-embaixador do reino saudita nos EUA, falaram sobre a aproximação entre os dois países num encontro pouco comum no Conselho de Relações Exteriores em Washington.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG