Links de Acesso

Samakuva já tem adversários para disputar a liderança da UNITA

  • Venâncio Rodrigues

Isaías Samakuva terá dois adversários para disputar a eleição do partido em Dezembro

Isaías Samakuva terá dois adversários para disputar a eleição do partido em Dezembro

Dois candidatos devem formalizar candidatura até o dia 30 de Novembro

O líder da UNITA, Isaías Samakuva, já sabe que tem dois adversários para a próxima eleição no partido. O antigo ministro da Saúde, Sebastião Veloso, e Pedro Catchiungo devem formalizar as suas candidaturas até o dia 30 de Novembro.

O congresso para a escolha da nova direcção partidária vai decorrer entre os dias 13 e 16 de Dezembro. O seu porta-voz, Ruben Sicato, negou quinta-feira em conferência de imprensa em Luanda que as presenças de Sebastião Veloso e Pedro Catchiungo, fossem uma encenação da actual liderança visando emprestar ao acto um carácter democrático, já que os crónicos aspirantes ao cargo desistiram.

“Eu, se estivesse no lugar deles não me iria candidatar a convite de um outro candidato. Estas conferências vão estar abertas aos observadores independentes incluindo os jornalistas. Qualquer jornalista poderá falar com eles e com os militantes para entender se de facto existe ou não manipulação na selecção dos diversos delegados”, disse o porta voz.

Ruben Sicato disse que os candidatos deverão reunir até 1000 assinaturas em pelo menos 10 províncias e ter o apoio de pelo menos 130 membros da actual Comissão Política, que integra 301 membros.

O congresso será antecedido de conferências municipais e provinciais para a eleição dos delegados e a discussão de nove teses propostas para o evento.

Uma delas tem a ver com uma reflexão sobre se os mandatos da UNITA devem continuar a ser de quatro anos e se nas eleições gerais o presidente do partido deve continuar a ser o seu cabeça de lista.

O congresso deverá decorrer entre os dias 13 e 16 de Dezembro em Luanda e deverá reunir mais de 1000 delegados.

XS
SM
MD
LG