Links de Acesso

Iraque: EI realiza execuções em massa e poderá usar armas químicas, denuncia a ONU


Deslocada iraquina em Shaqouli, cerca de 35 kms de Mosul

Deslocada iraquina em Shaqouli, cerca de 35 kms de Mosul

O grupo Estado Islâmico matou dezenas de pessoas, esta semana, nos arredores de Mosul e há relatos de intenção de uso de armas químicas, denunciou, hoje, a porta-voz de direitos humanos nas Nações Unidas, Ravina Shamdasani.

Ela disse que foram encontrados mais de 100 corpos em Hammam al-Alil, uma das dezenas de locais de execuções do Estado Islâmico, no Iraque.

Para o efeito, explicou a porta-voz, pessoas com cinturões de explosivos, possivelmente adolescentes e meninos, foram enviados a becos de Mosul Antiga, enquanto mulheres sequestradas foram "distribuídas" para militantes ou usadas para acompanhar comboios do Estado Islâmico.

O conflito no Iraque fez milhares de refugiados.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG