Links de Acesso

Irão executa cientista acusado de fornecer informação secreta sobre o programa nuclear aos EUA


Shahram Amiri

Shahram Amiri

O Irão executou um cientista nuclear acusado de espionagem a favor de Washington, revelaram, hoje, 7, as autoridades daquele país.

Shahram Amiri, pesquisador universitário, que trabalhava para a agência de energia atômica do Irão, foi condenado à morte, após ser acusado de ter fornecido, aos Estados Unidos, informação vital sobre o controverso programa nuclear de Teerão.

Funcionários americanos disseram que ofereceram cerca de cinco milhões dólares a Amiri para deixar o seu país e fornecer informação sobre o referido programa.

Amiri saiu do Irão em 2009 para a Arábia Saudita, de onde terá partido para os Estados Unidos, no ano seguinte.

Um oficial norte-americano disse que em 2010 Washington havia recebido "informações úteis" de Amiri.

XS
SM
MD
LG