Links de Acesso

Investigação britânica diz que Putin terá aprovado o assassinato de Litvinenko


Alexander Litvinenko, numa foto de 2002.

Alexander Litvinenko, numa foto de 2002.

O presidente Vladimir Putin, provavelmente aprovou uma operação de inteligência russa para assassinar o ex-agente da KGBAlexander Litvinenko, escreve a Reuters.

A agência cita o juiz Robert Owen que liderou a investigação britânica sobre o assassinato de 2006 em Londres.

O inquérito citado indica que havia um antagonismo pessoal entre os dois homens, e Putin e membros de sua administração tinham motivos para matá-lo.

As autoridades russas sempre recusaram qualquer envolvimento no caso.

Litvinenko, um crítico de Putin que fugiu da Rússia seis anos antes de seu assassinato, morreu depois de beber chá verde envenenado, num hotel de Londres. Tinha 43 anos.

XS
SM
MD
LG