Links de Acesso

Instituição de Malanje premiada na Alemanha

  • Isaías Soares

Vice-decana da Faculdade de Medicina de Malanje, Paula Simões de Oliveira

Vice-decana da Faculdade de Medicina de Malanje, Paula Simões de Oliveira

CIMETOX ganha duas medalhas de Ouro em Nuremberga

O Centro de Informação de Medicamentos e Toxicologia (CIMETOX) da Faculdade de Medicina de Malanje foi recentemente distinguido em Nuremberga, Alemanha, com duas medalhas de ouro na Feira Internacional de Ideias, Invenções e Novos Produtos (IENA) 2014.

A vice-decana para os assuntos científicos da Faculdade de Medicina de Malanje, da Universidade Lueji A´NKonde, Paula Regina Simões de Oliveira referiu que o reconhecimento na 66ª edição do certame está reflectido nos trabalhos iniciados há três anos.

“São duas medalhas de ouro: uma da Feira Internacional do Inventor e a outra que foi dada pela Associação Asiática de Inventores e também um diploma de mérito da República Portuguesa”, confirmou.

A vice-decana precisou que as distinções referem-se “aos projectos sobre soros antiofídicos e também do sistema estatístico implementado aqui no Cimetox”.

“O ter ganho essas medalhas vêm incutir em nós um sentido ainda maior de exigências e de responsabilidade para que possamos ser ainda melhores”, disse, reconhecendo que “é muito bom sim, é gratificante mas isto exige de nós ainda mais esforços para aquilo que são as actividades do CIMETOX “.

O Cimetox representou Angola em Cuba na Conferência Internacional de Educação Médica Superior em que esteve em alta a sua actividade ao nível do país. “

Nessa conferência foi feita “uma exposição de como está organizado este centro pioneiro em Angola, onde também foi possível apresentar a conferência sobre a caracterização dos conhecimentos da toxicologia na educação médica em Angola”.

O centro esteve também no Quénia onde foi possível por primeira vez, um país da África Austral, como é Angola e da África lusófona estar presente num seminário de mordeduras por serpentes da Bio SnakeFarm na cidade de Watamu, que contou com a participação de herpetologistas, autores de livros.

A vice-decana para os assuntos científicos da Faculdade de Medicina de Malanje, da Universidade Lueji A´NKonde, Paula Regina Simões, confirmou a realização a partir do dia 24 deste mês do I congresso internacional de toxicologia do Centro de Informação de Medicamentos e Toxicologia da quarta região académica.

Simões garantiu que no congresso internacional de toxicologia a decorrer sob o lema “ Por uma nova concepção da toxicologia em Angola para a contribuição na melhoria da qualidade de vida das populações” vai contar com 18 prelectores internacionais de Cuba, Egipto, Portugal e Brasil.

XS
SM
MD
LG