Links de Acesso

40 Anos de Independência, a Construção do Futuro

  • Ramos Miguel
  • Redacção VOA

Carlos Agostinho do Rosário, primeiro-ministro de Moçambique

Carlos Agostinho do Rosário, primeiro-ministro de Moçambique

A independência devolveu a terra ao povo, diz Carlos Agostinho do Rosário, primeiro-ministro de Moçambique.

Nesta série da VOA, personalidades dos países africanos de língua portuguesa, relembram e analisam os 40 anos das independências, ganhos e retrocessos, desafios actuais e futuros.

Moçambique, que tornou-se independente a 25 de Junho de 1975, abre a série com uma resenha e reflexão feita pelo primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, para quem uma das primeiras importantes grandes conquista foi “a devolução de ua dos activos que o país tinha, a terra”.

Ele recorda as fases que o país viveu nos primeiros anos da independência, com realce para a violenta guerra civil, que durante 16 anos impediu o país de sonhar.

Após a assinatura do acordo de paz, em 1992, em Roma, Itália, este país da África Austral, embarcou na reconstrução, lançamento de alicerces para o desenvolvimento, e hoje vive a euforia da oportunidade dos recursos naturais.

Rosário diz que tal representa uma grande responsabilidade para o seu Governo que quer garantir que os recursos “sejam convertidos em oportunidades de emprego e renda para as populações”. Um desafio num país de 24 milhões de habitantes, a maioria jovens.

Na sequência, a série apresentará visões e comentários do escritor Calane da Silva, da activista dos direitos humanos Graça Samo e de especialistas de desenvolvimento e da sociedade civil.

XS
SM
MD
LG