Links de Acesso

Imigração ilegal preocupa autoridades angolanas

  • Isaías Soares

 Antonio José Bernardo

Antonio José Bernardo

Comandante da polícia em Malanje diz que muitos imigrantes abusam de pedidos de asilo político.

A imigração ilegal ameaça a segurança e a organização política, económica e social de Angola afirmou em Malanje, o delegado provincial do Ministério do Interior e comandante provincial da Policia Nacional, comissário António José Bernardo.

Bernardo, que discursava durante os trabalhos do I Conselho Consultivo do sector que dirige na região confirmou operações para detectar a presença neste território de estrangeiros ilegais.

Aquele responsável disse que muitos cidadãos da África Ocidental vêm para a zona de Malanje “a coberto de refugiados ou exilados não se sabe de quê”, e isso “constitui uma preocupação dos Serviços de Migração e Estrangeiros”.

O oficial que aplaudiu a aprovação da lei do asilado e do refugiado reafirmou que ao nível da jurisdição de Malanje os efectivos da Polícia Nacional e da Investigação e Inspecção das Actividades Económicas desenvolvem diligências para o esclarecimento de factos ilícitos na entrada e permanência de estrangeiros.

O delegado do Minint solicitou a intervenção dos demais órgãos que controlam a economia nacional nomeadamente de “encarregados da fiscalização tributária e da legalidade do exercício do comércio para que o dinheiro de Angola não vá servir nunca o terrorismo internacional e os produtos aqui comercializados tenham qualidade e segurança para os angolanos”.

O comandante da polícia chamou os “malanjinos a absterem-se de acolher ilegais e ou facilitar que os mesmos desenvolvam actividades lucrativas quando não reúnam as condições estabelecidas por lei”

XS
SM
MD
LG