Links de Acesso

Huíla prepara operações para vítimas de "cataratas"

  • Teodoro Albano

Dezenas de casos detectados; previstas mais de 20 operações diárias

O hospital geral do Lubango em parceria com a clínica especializada de oftalmologia de Benguela diagnosticou nos últimos dias 94 doentes com opacidade do cristalino vulgarmente conhecido por catarata.




Os doentes diagnosticados vão beneficiar em breve de uma intervenção cirúrgica, de acordo com uma campanha que prevê uma operação clínica de 20 a 25 pacientes diários.

Para a médica cubana, especialista em medicina geral e integral, Maira Martinez, estão a ser criadas as condições para se avançar com um conjunto de cirurgias.

“ Estamos só a preparar as condições para ver se na próxima semana começamos com as operações. Queremos aproveitar falar a população que isso não termina por aqui, mas vamos continuar a fazer diagnósticos cirúrgicos mediante uma programação,” disse.

A campanha de operação de doentes com catarata está apenas a começar. Na sua primeira fase contempla inicialmente a capital da província, Lubango, devendo se estender para os demais municípios.

Maira Martinez assegurou que o objectivo da campanha é informar sobre algumas medidas preventivas e evitar a cegueira entre a população;

“ Há pacientes que pensam que estamos para oferecer óculos. Nós fazemos exames oftalmológicos completo, o objectivo é evitar a cegueira que é consequência desta infecção, a dificuldade de visão,” disse.

A médica de clínica geral e integral, Maira Martinez, revelou-se por outro lado preocupada com o número de doentes com catarata que possam existir na província, já que os 94 pacientes em mais de três mil pessoas foram diagnosticados em apenas duas consultas.

Constatou-se ainda que os homens são os mais afectados pela catarata, doença causada entre outros factores pelo traumatismo, idade, diabetes, inflamação e histórico familiar.
XS
SM
MD
LG