Links de Acesso

Huíla: De campo de morte a terra de vida

  • Teodoro Albano

Mais um campo completametne desminado entregue à agricultura e habitação.

Um campo agrícola repleto de instrumentos de morte e destruição está agora a ser preparado para ser terra de vida e esperança na Huila.

O campo, completamente desminado, que agora vai servir a agricultura foi entregue recentemente no município de Caluquembe no interior da província da Huíla.

O campo com uma área de mais de 500 mil metros quadrados é o segundo entregue pela brigada local do Instituto de Desminagem de Angola (INAD) no espaço de um ano e está localizado na zona da Negola, sector do Kussesse.

O coordenador da brigada de desminagem, Bernardo Gonçalves, destacou o trabalho desenvolvido.

O administrador municipal de Caluquembe José Arão Chissonde disse que os campos libertados de minas estão a mudar a vida do município nos vários domínios.

No primeiro campo entregue está a ser erguido um projecto habitacional do Estado e infra-estruturas para a auto-construção dirigida. Quanto ao campo agora entregue, José Arão Chissonde refere que é uma mais-valia que vai dar um impulso no desenvolvimento do município potencialmente agrícola.

“A maior parte dos produtos que nós consumimos é resultante da agricultura e da pecuária. Isso só é possível se os campos ficarem livres de minas, possibilitando a livre circulação de pessoas e bensl”, disse

O norte e leste da província da Huíla, mormente os municípios de Caconda, Caluquembe, Chipindo e Kuvango, são descritos como sendo os mais minados na região por se tratar de zonas iminentemente agrícolas e terem servido de principais campos de batalha durante o conflito armado em Angola.

XS
SM
MD
LG