Links de Acesso

Censurado Vídeo Sobre As Demolições Em Angola


Censurado Vídeo Sobre As Demolições Em Angola

Censurado Vídeo Sobre As Demolições Em Angola

O documento ilustra histórias das diferentes comunidades afectadas pelos despejos forçados

Huambo, 22 Nov - "Não partam a Minha Casa" é o nome de um documentário sobre as demolições e desalojamentos forçados em Angola, cujo o seu lançamento foi boicotado pelo grupo coordenador da Conferencia Nacional da Sociedade Civil angolana.

O vídeo produzido pela Associação Cívica Omunga, enquadra-se na campanha contra as demolições e desalojamentos forçados e estava para ser exibido durante a Conferência Nacional da Sociedade Civil que, terminou a semana finda, no Huambo.

Uma fonte ligada a Omunga disse a Voz da América que , o documentário foi censurado pelos organizadores da conferência para não sofrerem represálias da parte das autoridades governativas do Huambo.

A fonte referiu que, a censura demonstra o clima de terror que vivem os críticos do governo no planalto central. Mas o seu coordenador, Pacheco Pedro Iliga, negou aquelas acusações

O documento ilustra histórias das diferentes comunidades afectadas pelos despejos forçados.
Mostra como as autoridades angolanas não respeitam a resolução 37/ 09 da Assembleia Nacional que determina a criação de condições aceitáveis para o realojamento de cidadãos afectados e com diálogo e envolvimento das mesmas nas soluções de alojamentos. Tal como aconteceu em Março,na Província da Huíla, onde cerca de duas mil famílias foras despejadas

O vídeo retrata a atitude negligente e arrogante do governo em relação as demolições e ao direito habitação condigna consagrado na actual constituição. E mostra imagens das 30 mil famílias que foram desalojadas em 2009 em Luanda.

Naquele documentário, de 22 minutos, a Associação SOS Habitat exige o fim da impunidade com que são protegidos os violadores dos Direitos Humanos.

XS
SM
MD
LG