Links de Acesso

Hospital de Malanje com carências

  • Isaías Soares

Angola Malanje Hospital Municipal

Angola Malanje Hospital Municipal

A principal unidade hospitalar de Malanje debate-se com escassez de técnicos, medicamentos e material gastável, reconheceu o director provincial da Saúde, Pedro José António.

O responsável visitou o Hospital Regional, domingo último, à noite, para confirmar o nível de organização e as carências, de forma a encontrar soluções pontuais.

“Temos grandes carências em termos de material gastável, temos carências em termos de medicamentos, mas relativamente aos meios gastáveis e medicamentos, nós vamos já resolver este problema”, garantiu António, confirmando a existência de remédios na cidade de Malanje.

“É uma questão de dias, vamos notificar os directores dos grandes hospitais (Regional, Materno-Infantil e Sanatório) para que consigam levantar os medicamentos no local onde devem levantar”, disse.

Os quadros por turnos não satisfazem a demanda relatou igualmente o director da Saúde em declarações à emissora oficial, sugerindo uma gestão disciplinada e rigorosa, enquanto estão suspensos os concursos públicos de admissão de pessoal.

Dois centros de saúde foram recentemente abertos nos arredores de Malanje, o que tem permitido a redução de enchentes no Hospital Regional.

Ao nível dos 14 municípios o sector da saúde carece de mais de 4 mil funcionários, entre técnicos de saúde para melhor atender os habitantes.

As enchentes na principal unidade hospitalar de Malanje devem-se à ausência de centros e postos de saúde na maioria dos bairros da capital.

XS
SM
MD
LG