Links de Acesso

Hospital Américo Boavida tem um "buraco" de 80 milhões de dólares

  • Coque Mukuta

Hospital Americo Boavida

Hospital Americo Boavida

Presidente angolano ordena inspecção às contas do Ministério da Saúde.

O Hospital Américo Boavida tem um “buraco” de 80 milhões de dólares não explicados, disse à VOA o médico e professor universitário Maurilio Luiele, que também defende uma investigação à gestão do anterior ministro da Saúde, José Van-Dunen.

Entretanto, a Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE) iniciou nos últimos dias uma inspecção às contas do Ministério da Saúde de 2015 e 2016, para analisar a despesa contraída e por pagar, conforme indicação do Presidente José Eduardo dos Santos.

O trabalho visa proceder ao levantamento da dívida do Ministério da Saúde e “averiguar a correcta classificação da despesa segundo o Orçamento”.

Enquanto decorrem os trabalhos, o médico e professor universitário Maurilio Luiele diz conhecer um“buraco de 80 milhões de dólares não explicados no Hospital Américo Boavida” e questiona “por que motivo o prazo da inspecção foi bastante limitado”.

A VOA tentou contactar a directora do Hospital Américo Boavida, Constantina Furtado, mas não obteve qualquer resposta.

O professor Luiele recomenda também uma inspecção ao período de gestão do anterior ministro da Saúde José Van-Dunen.

A comissão de inspecção, integrada por técnicos da IGAE e do Ministério das Finanças terá 45 dias para apresentar o seu relatório.

Refira-se que no Orçamento Geral do Estado de 2015 o Ministério da Saúde teve uma dotação financeira de 405,4 mil milhões de kuanzas (cerca de 2,3 mil milhões de dólares), verba que desceu este ano para 341,5 mil milhões de kwanzas (cerca de 2 mil milhões de dólares).

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG