Links de Acesso

Homem mata ex-esposa e aluno de oito anos em San Bernardino

  • Redacção VOA

Autor do massacre

Um segundo aluno, de nove anos, que estava atrás da professora foi gravemente ferido

Uma professora de educação especial e um dos seus alunos, de oito anos de idade, foram mortos pelo ex-marido da educadora quando ele abriu fogo na sala de aula antes de se matar numa escola de ensino primário em San Bernardino, na Califórnia, nos Estados Unidos.

A polícia revelou que um segundo estudante foi ferido pelo atirador, que, de acordo com as autoridades, tinha uma história criminal que incluía violência doméstica e acusações de armas.

A polícia disse que os dois estudantes, ambos rapazes, foram atingidos involuntariamente pelos tiros no incidente desta segunda-feira.

O chefe da polícia de San Bernardino, Jarrod Burguan, chamou o ataque a tiros na escola North Park, em San Bernardino, a cerca de 100 quilómetros de Los Angeles, de um aparente assassinato seguido de suicídio.

O atirador foi identificado como Cedric Anderson, de 53 anos, de San Bernardino, e sua esposa Karen Elaine Smith.

Burguan disse que o casal ficou junto por um breve período e se separou há cerca de um mês ou um mês e meio.

Os dois alunos atingidos por tiros estavam de pé atrás da professora, disse o chefe policial.

O atirador entrou na escola como visitante e manteve a sua arma escondida até abrir fogo dentro da sala de aula.

A cidade de San Bernardino foi palco de um intenso ataque a tiros a 2 de Dezembro de 2015, quando um marido e esposa, que segundo autoridades teriam sido inspirados pelo extremismo islâmico, mataram 14 pessoas e feriram mais de 20 outras numa festa.

O casal, Syed Rizwan Farook e Tashfeen Malik, foi morto durante troca de tiros com a polícia.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG