Links de Acesso

Holanda avisa seus cidadãos em Angola para ameças à segurança

  • Redacção VOA

Autoridades angolanas mantêm silêncio sobre anteriores avisos dos Estados Unidos e Grã Bretanha.

A Holanda juntou-se aos Estados Unidos e Grã Bretanha e avisou os seus cidadãos a tomarem precauções em Angola.

Na semana passada, a embaixada dos Estados Unidos em Luanda tinha advertido os seus cidadãos a evitarem alguns locais na capital devido ao que chamou de potencial ameaça à segurança.

Por seu lado, o Governo inglês advertiu também os seus cidadãos a evitarem deslocações ao interior de Cabinda e à Lunda Norte devido ao que chamou de uma leve ameaça de terrorismo

As autoridades angolanas continuam no entanto a manter o silêncio oficial sobre os alertas

O Governo de Luanda não tomaram qualquer posição oficial sobre os dois alertas, o que, para o analista Castro Freedom, faz com que os angolanos não saibam a origem nem a dimensão dos alertas de segurança em causa.

“É preciso que se especifique que tipo de alarme se trata”, disse.

O segundo comandante da corporação, comissário-chefe Paulo de Almeida, alertou recentemente para a possibilidade da ocorrência de actos terroristas em Angola.

Freedom considera ser normal que as autoridades angolanas tomem as medidas necessárias, uma vez que todos os países do mundo estão sujeitos a ataques terroristas.

O comunicado da embaixada americana diz que o aviso “permanece em vigor até 8 de Fevereiro caso não seja fornecido um novo comunicado ”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG