Links de Acesso

Hillary Clinton pede divulgação dos seus emails

  • VOA Português

Potencial candidata presidencial democrata é acusado de usar o email pessoal para assuntos do Governo quando era secretário de Estado.

A antiga secretária de Estado americana Hillary Clinton e potencial candidata presidencial quebrou o silêncio sobre a polémica em torno do uso de um e-mail pessoal para o trabalho pedindo ao o Departamento de Estado que os divulgue rapidamente.

Com esta declaração, Hillary Clinton procura arrefecer uma tempestade política sobre as alegações de que ela utilizou inadequadamente um e-mail pessoal para o trabalho quando estava no cargo, de 2009 a 2013.

"Eu quero que o público veja os meus e-mails", escreveu Clintal, potencial candidata presidencial democrata em 2016, através do tweeter “Eu pedi ao departamento que os divulgue. Eles disseram que vão analisá-los para a divulgação o mais rápido possível."

A polémica deixou Hillary Clinton de repente em apuros num momento em que prepara o lançamento da sua pré-candidatura presidencial. O caso levou alguns democratas a se perguntarem se uma outra pessoa deveria ser candidata do partido para suceder o presidente Barack Obama.

A mensagem da antiga secretária de Estado foi enviada após um comité do Congresso que investiga o ataque a uma instalação diplomática dos Estados Unidos em Benghazi, na Líbia, em 11 de Setembro de 2012 ter emitido uma intimação para a divulgação dos e-mails.

O comité sobre Benghazi na Câmara dos Deputados dos EUA exigiu a apresentação de todas as comunicações de Hillary relacionados com o incidente, no qual um embaixador norte-americano foi morto.

O Departamento de Estado, entretanto, já saiu em defesa de Hillary Clinton ao argumentar que não havia nenhuma proibição de uso de uma conta de e-mail pessoal para assuntos do Governo, desde que fosse preservada.

XS
SM
MD
LG