Links de Acesso

Habitantes de Tete queixam-se de projectos de mineração


Exploração da Rio Tinto na província de Tete(Arquivo)

Exploração da Rio Tinto na província de Tete(Arquivo)

Populares dizem em Maputo que a vida piorou com os assentamentos.

Alfredo Júnior

Os projectos de mineração em curso na província moçambicana de Tete provocaram o reassentamento de centenas de famílias, tal é o caso das populações que foram transferidas para Mualadzi. Entretanto, os populares dizem que os seus direitos estáo a ser violados.

Representantes dos populares apresentaram as suas reclamações durante uma reunião de reflexão sobre impactos dos reassentamentos e da mineração realizada em Maputo.

Sérgio Tomás e Lialiana Ruben, dois reassentados em Mualadzi, dizem que as suas vidas mudaram para o pior desde a chegada dos projectos de mineração.

Devido a esta situação, a Associação de Apoio e Assistência Jurídica as Comunidades pretende intentar uma acção jurídica contra o Governo e as mineradoras, apesar de Rui Caetano, reconhecer que esta acção poderá não culminar com os objectivos desejados.

Estas revelações foram efectuadas à margem do lançamento do relatório sobre Mineração, Reassentamentos e Meios de Vidas Perdidadas, realizado pela OXAM, que, segundo Hélder Paulo, retrata a violação dos direitos das famílias reassentadas.

Em Tete perto de 500 famílias foram reassentadas em Mualadzi, desde 2013.

XS
SM
MD
LG