Links de Acesso

Unita diz que "há intolerância no Huambo e quem paga são as árvores"

  • Manuel José

 Liberty Chiaka

Liberty Chiaka

Espaço verde foi destruído para impedir ajuntamentos do Galo Negro, diz Liberty Chiaka

A Unita acusou as autoridades do Huambo de terem destruído um espaço verde na cidade para impedir apoiantes do partido de ali se aglomerarem.

O secretário provincial do partido Liberty Chiaka disse que destruição é mais uma demonstração da intolerância política apesar do apelo do Presidente da República no fim do ano sobre os casos de intolerância política.

"Foi devastado no centro da cidade do Huambo um espaço verde em pleno século 21, o mundo debate-se com problemas do aquecimento global, o Governo do Huambo devasta uma floresta que por sinal era um espaço de concentração da Unita”, disse Chiaka

“É intolerância também que até atinge as arvores", acrescentou aquele dirigente que pensa que só age assim quem não tem competência.

"Nós entendemos que a intolerância política é uma estratégia que responde à incompetência porque quem é competente não precisa ser intolerante", concluiu Liberty Chiaka.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG