Links de Acesso

Guiné-Bissau: Malam Bacai Sanha recordado no primeiro aniversário da sua morte

  • Lassana Casamá

Malam Bacai Sanha

Malam Bacai Sanha

A data está a ser assinalada com reflexões académicas, sobretudo históricas, a volta da figura de Malam Bacai Sanha considerado um exemplo da Magistratura Suprema da Nação Guineense.

Os guineenses assinalaram hoje o primeiro aniversário do falecimento do Presidente Malam Bacai Sanhá , cuja morte foi anunciada a 9 de Janeiro de 2012 no hospital Vâle de Grace, em Paris, onde se encontrava internado.

A data está a ser assinalada com reflexões académicas, sobretudo históricas, a volta da figura de Malam Bacai Sanha considerado um exemplo da Magistratura Suprema da Nação Guineense. Uma nação que carece de paz e estabilidade e foi o que Bacai Sanha importava e defendia durante um ano da sua presidência. Por isso, conseguiu reunir o sentimento dos guineenses a volta destes valores que ainda permanecem longe dos corredores do poder em presença.

Realizou-se uma palestra sob o tema: Vida do Presidente Bacai Sanhá nas últimas três décadas e o Projecto Bacai Ka Na Muri, o que em português, numa tradução literal, significa Bacai Não Vai Morrer.

E na mesma perspectiva, falamos com Agnelo Regala que foi um dos principais conselheiros do falecido Presidente da República, Malam Bacai Sanha:

“Era um homem com uma visão extremamente clara do momento que vivia, das dificuldades a que tinha de fazer frente, mas que procurava as melhores soluções para que os guineenses pudessem de facto chegar a uma plataforma de entendimento. Era uma pessoa que ouvia toda a gente, foi sempre um homem aberto ao dialogo, que um dos aspectos mais marcantes de toda a sua magistratura suprema. O diálogo, a tolerância e a busca de entendimentos entre as diferentes forças políticas, entre a Presidência e o Governo, entre a Presidência, o Governo e os militares, portanto foi uma pessoa que desempenhou um papel de amortecedor das diferentes convulsões e dos diferentes problemas que aconteciam no país”.

Um ano após a sua morte, guineenses reúnem em reflexão sobre os valores do Presidente Malam Bacai Sanha, numa altura em que o país experimenta mais um período de transição, resultado do último golpe de Estado.
XS
SM
MD
LG