Links de Acesso

Buiné-Bissau: Novo governo, caras conhecidas

  • Lassana Casamá

José Mário Vaz, Presidente da Guiné-Bissau

José Mário Vaz, Presidente da Guiné-Bissau

Carlos Correia teve de retirar nomes propostos para o elenco governativo, entre eles o de Domingos Simões Pereira.

A Guiné-Bissau já tem um novo Governo com 14 novas personalidades num total de 29 membros.

Falta designar os responsáveis da Administração Interna e dos Recursos Naturais e 15 faziam parte do anterior executivo de Domingos Simões Pereira.

Houve apenas três danças de cadeira: Vicente Fernandes, antigo Secretário de Estado do Turismo passoua assumir o Ministério do Comércio e Indústria, enquanto Valentina Mendes saiu de Saúde para ser ministra da Mulher, Família e Coesão Social, funções agora ocupadas por Cadi Seide, que, por sua vez, deixou a Defesa Nacional para Adiato Djalo Nandigna, até aqui uma das principais conselheiras do Presidente da República.

Artur Silva, que exercia o cargo do Conselheiro principal de Domingos Simões Pereira, assume agora a pasta da Diplomacia, enquanto uma das mais importantes na actual orgânica que colocou o ministro da Presidência do Conselho de Ministro e dos Assuntos Parlamentares, Malal Sané, como a segunda figura no Governo.

Trata-se de uma nova entrada, mas com larga experiência de Governação.

Quem também passou por estas andanças é Wasna Papai Danfa, nomeado para assumir o sector da Energia e com a missão de consolidar o fornecimento da luz elétrica e água na capital, assim como implementar novas estratégias para o interior do país.

O mesmo pode-se dizer em relação a Francisco José de Pina, a quem foi incumbida a pasta de secretário de Estado da Juventude, Cultura e Desportos, cuja missão é conceber políticas que garantam um futuro melhor para os jovens e, ao mesmo tempo, dar uma maior promoção à cultura e o desporto.

Quanto aos estreantes, Sana Nahada, secretário de Estado dos Combatentes da Liberdade da Pátria, Luís Manuel Cabral, secretário de Estado da Ordem Pública, Seco Cassamá, secretario de Estádio do Ambiente, Martilene Fernandes dos Santos, secretário de Estado da Gestão Hospitalar, enquanto Luís Anibal Vaz, é nomeado ministro da Função Pública e Trabalho, e Malam Djaura, um técnico do Comércio, a quem foi confiada a pasta de Turismo e Artesanato.

É a primeira vez, na mais recente história de governação guineense, que o sector do Turismo é desanexado e sobe para o ministério.

Para a Secretaria de Estado da Cooperação Internacional e das Comunidades uma mulher se estreou: Suzi Barbosa, até aqui deputada do PAIGC.

Outra estreante é Ester Fernandes, nomeada para exercer as funções da secretária de Estado da Administração do Poder Local.

O novo Governo já tomou posse.

XS
SM
MD
LG