Links de Acesso

Guiné-Bissau: Rotação das forças regionais é de rotina

  • Redacção VOA

A recente movimentação do contingente senegalês da Ecomib, a força da Comunidade Económica da África Ocidental (Cedeao), na Guiné Bissau, foi rotineira, diz a organização regional.

A explicação, segundo um comunicado da organização, “clarifica que o processo constitui um acto normal, planificado e sem ligação a qualquer outra agenda”.

A rotação em referência, acrescenta, teve início a 17 do corrente, que o destacamento senegalês é composto por elementos afectos ao Hospital de Nível II, por efectivos de Engenharia Militar, e por elementos de Protecção do Hospital e do Corpo de Engenharia Militar.

O contingente é rodado após concluir um ano na Guiné-Bissau.

A organização informa que em breve será rodado o contingente da Nigéria.

A Ecomib, força militar e policial, foi colocada, na Guiné-Bissau, pela Cedeao, para estabilizar o país, após o golpe de estado de 2012.

XS
SM
MD
LG