Links de Acesso

Guiné-Bissau "regressa" à CPLP

  • VOA Português

A décima cimeira da CPLP que começa esta quarta-feira, 23, em Dili, Timor Leste, assinala o regresso da Guiné-Bissau à organização depois do seu afastamento devido ao golpe militar de Abril de 2012.

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Timor Leste José Luís Guterres fez o anúncio e disse que os países da organização estão engajados em apoiar Bissau no seu processo de estabilização.

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau Domingos Simões Pereira congratulou-se com a decisão, que considerou um acto de solidariedade.

Ainda na reunião de hoje, os ministros dos Negócios Estrangeiros da CPLP renovaram o mandato do diplomata brasileiro Carlos Moura como representante especial da organização para a Guiné-Bissau.

Moura disse, no entanto, que a CPLP deve ter uma presença permanente e actuante em Bissau.

Na cimeira não participam os presidentes de Angola e Brasil que estão representados pelo vice-presidente e ministro das relações exteriores, respectivamente.

XS
SM
MD
LG