Links de Acesso

Guiné-Bissau: “Preocupação Regional” Devido a Bubo Na Tchuto


Guiné-Bissau: “Preocupação Regional” Devido a Bubo Na Tchuto

Guiné-Bissau: “Preocupação Regional” Devido a Bubo Na Tchuto

New York Times diz que há receios que Bubo NaTchuto seja o verdadeiro poder na Guiné-Bissau. A reportagem descreve o almirante como "um barão da droga"

Um dos mais influentes jornais americanos o New York Times, publicou hoje uma reportagem sobre Guiné Bissau e particularmente sobre o almirante Bubo Na Tchuto.

O almirante foi recentemente colocado pelos Estados Unidos numa lista de pessoas envolvida no tráfico de drogas.

Isto deu-se já depois do pronunciamento militar de 1 de Abril em que Bubo Na Tchuto foi retirado por apoiantes militares da sede da ONU onde se encontrava refugiado. Essa acção levou ao afastamento do general António Indjai do cargo de chefe de estado-maior do exército.

A reportagem do New York Times datada de Bissau foi escrita pelo correspondente Adam Nossiter que afirma que Bubo Na Tchuto se passeia hoje na sua carrinha de caixa aberta protegido por soldados. Acrescentou o correspondente do New York Times:

“ O presidente é ainda nominalmente quem dirige o pais mas entidades oficiais na região afirmam estar preocupadas com a possibilidade desta nação ter para todos os efeitos caído nas mãos de um barão das drogas”.

O jornalista do New York Times cita o Dr Abdel Fatau Musah director para assuntos políticos da Comunidade de Estados da África Ocidental como tendo dito que Bubo Na Tchuto é na verdade a força por detrás das forças armadas acrescentando que esse facto é “muito desagradável” para a região.

O jornalista diz que embora o almirante não tenha sido reconduzido ao seu posto de chefe de estado-maior continua a ter – citamos – um papel muito influente ainda que nebuloso

O jornalista do New York Times entrevistou o almirante que disse enfaticamente não haver provas materiais do seu envolvimento no tráfico de drogas.

O artigo disse que o papel das Nações Unidas antes e depois do pronunciamento militar continua a ser causa de embaraço para a organização.

Nossiter cita um diplomata ocidental como tendo descrito o comportamento da ONU como surpreendente afirmando que a ONU não se tinha compreendido o carácter de Bubo Na Tchutu.

O almirante recusou dizer ao New York Times qual o seu verdadeiro papel na actual conjuntura da Guine Bissau afirmando não querer ofender o presidente.

O artigo do New York Times era titulado “Antigo Exilado Detem o Poder em Nação na África Ocidental”.

XS
SM
MD
LG