Links de Acesso

Guiné-Bissau tem memorial de escravos em Cacheu

  • Redacção VOA

Cacheu, Guiné-Bissau. Foto de Ilsa Sá

Cacheu, Guiné-Bissau. Foto de Ilsa Sá

A Accão para o Desenvolvimento (AD) inaugurou nesta sexta-feira, 8, um memorial dedicado à escravatura em Cacheu, no norte da Guiné-Bissau.

A nova atração de uma das cidades com mais histórias da Guiné-Bissau, fica no antigo edifício da Casa Gouveia e consiste num pavilhão multiusos, salas de formação, residência para investigadores e um museu que preserva alguns artefactos do tempo da escravatura.

O memorial foi financiado pela União Euriopeia e contou com o apoio da população local que ofereceu vários artefactos, como colheres, correntes, tachos, ferros usados para marcar os escravos, chicotes e muitos outros que podem ser vistos a partir de agora.

O espaço foi apresentado como sendo um espaço que vai valorizar a memória de uma realidade que marcou profundamente os países africanos e ainda hoje permanece com grande acuidade nas sociedades dilaceradas pelo tráfico negreiro.

XS
SM
MD
LG